Staking não é apenas um jeito fácil de ganhar dinheiro - e nem deveria ser

5 minuto(s) de leitura

Atualizado em:

Escrito em 22.06.2019 por Jake Yocom-Piatt, Decred Project Lead

Staking é o dinheiro do qual você não quer ficar de fora — simples assim, certo?

Enquanto a maioria das criptos está sendo negociada em 70-90 por cento do seu topo histórico, o staking se tornou o que parece ser dinheiro fácil, rendendo aos investidores recompensas de 30 por cento. Cada vez mais gente está prestando atenção no staking, como a melhor forma de obter retornos semi-passivos num mercado em baixa.

A Coinbase está lançando suporte para staking e novas moedas que suportam staking estão surgindo para competir com os projetos já bem estabelecidos como Tezos, Dash e Decred.

Não é tão simples assim. O processo de staking está recebendo atenção pelos motivos errados, e é hora de reexaminar o seu papel.

Equívocos sobre como funciona e por que o staking existe terão consequências duradouras se as expectativas não forem definidas agora. Projetos que implementam qualquer forma de prova de participação (PoS - Proof of Stake) precisam planejar a sustentabilidade a longo prazo, não apenas o futuro imediato.

Se vai fazer Stake, faça direito

O staking está evoluindo de uma recompensa semi-passiva para se tornar um poderoso incentivo para participar da governança. Projetos que planejam o futuro descobrirão como incentivar a participação ativa, enquanto aqueles que elegerem um conjunto de governadores com base na qualidade de seus incentivos financeiros não durarão.

O investimento nos projetos certos pelas razões certas é a melhor maneira de ganhar recompensas.

A Prova de Trabalho (PoW - Proof of Work) foi introduzida no bitcoin como um método de validação de bloco para registrar as transações sem a necessidade de uma terceira parte de confiança. A PoW tem um histórico protegendo a rede do bitcoin usando energia. As pessoas começaram a explorar o PoS como uma maneira de usar menos energia para fazer o “trabalho” de validação.

O PoS é mais acessível e descentralizado, capacitando os portadores de moedas, que “investem” moedas para “fabricar” os blocos, mantendo uma carteira ou um nó online.

O staking começou apenas como um outro método para registrar transações com segurança, mas está em constante evolução. Algumas implementações são híbridas com o PoW, enquanto outras adicionam delegados que recebem votos ou estão habilitados a agir em nome do grupo.

Staking pelo retorno financeiro vs. Staking pela participação

Como Zaki Manian, co-criador do Cosmos, destacou em uma entrevista à CoinDesk, “Parte da dinâmica da prova de participação (PoS - Proof of Stake) é com que frequência as pessoas apenas votam para ganhar mais dinheiro?”

Neste cenário, investidores da moeda coletam recompensas exorbitantes sem realizar nenhum trabalho.

O staking foi erroneamente retratado como a versão criptográfica de um título de dívida pública ou privada. Embora existam projetos que não exigem nenhum trabalho além de investir fundos para obter uma recompensa, essa abordagem é basicamente insustentável e trará problemas aos participantes que achavam que poderiam “não fazer nada e ganhar”.

Não é incomum que os projetos empreguem um mecanismo sem efeito para que as partes centralizadas declarem que não estão no controle. Estes sistemas são muitas vezes excessivamente complicados e caracterizados por procedimentos confusos e votações não vinculativas, que na prática desencorajam a participação e levam à apatia dos eleitores.

Quando se trata de participação, vários projetos de staking têm votos sobre gastos do tesouro - projetos como Dash, Decred e PIVX estão abrindo o caminho para a governança, onde a comunidade participa da tomada de decisões em todo o projeto. O recurso de votação participativa do Decred, por exemplo, permite que os detentores de tokens votem em tudo, desde decisões de protocolo até a escolha de contratar sua empresa de relações públicas.

Hoje, o processo de staking abrange uma gama de implementações além do bloqueio de fundos, desde de a garantia da segurança de uma blockchain a mudanças nas regras de consenso. O PoS não implica necessariamente em governança, mas sua estrutura de incentivo combinada com a governança tem implicações radicais para a participação.

Staking por retorno financeiro e poder

Com os incentivos certos, staking pode não só trazer recompensas financeiras, mas também fornecer informações sobre a direção futura de um projeto. Ao investir suas moedas, elas geralmente passam por um período de lock-up durante a votação - esse tipo de regra varia de projeto para projeto.

Depois de votar, você recebe suas moedas de volta, assim como uma recompensa financeira pela participação no processo.

Se você votar contra os interesses do projeto, embora ainda receba a recompensa imediata, ao longo do tempo você perceberá os efeitos negativos de mercado decorrentes de decisões erradas, como uma viagem de esqui à Suiça para os investidores com todas as despesas pagas. Em um sistema que transforma em um jogo a tomada de decisões e outros processos, votar nas decisões tem um efeito mais duradouro além de ganhar uma recompensa imediata.

A governança de staking é poderosa porque incorpora uma base filosófica do movimento de cripto: a crença de que as formas aceitas pela humanidade para tomada de decisões em grande escala não estão funcionando bem.

O staking pretende colocar isso em prática - em cripto a curto prazo e em escala social em um futuro distante. Isso significa eliminar intermediários corruptos em favor da interação entre pares e evitar a democracia representativa em favor do voto direto.

A soberania individual é o mesmo; Se você está arriscando a própria pele (ou seja, está financeiramente investido), você deve ajudar a determinar a direção do jogo. Mas com isso vem a responsabilidade de tomar decisões informadas, e não necessariamente confiando em qualquer outra pessoa que vai fazê-las para você. Se você quiser participar da implantação a longo prazo, você precisa entender sobre um projeto bem o suficiente para investir.

Se você quer dizer como um projeto deve ser executado, você precisa investir em um que incorpore sua soberania como usuário. Para participar, você precisa acompanhar as mudanças nas regras de consenso e votar ativamente no que acredita ser o melhor para ele.

O staking pode render recompensas financeiras significativas, mas simplesmente receber uma compensação pela votação configura uma estrutura de alinhamento insatisfatória. Os investidores da moeda devem entender a responsabilidade que vem com o bloqueio de suas moedas e usá-la com sabedoria - e só então aproveitar os frutos do seu trabalho.