Bitcoin ainda enfrenta problemas de escalamento on-chain, diz co-fundador do Decred

2 minuto(s) de leitura

Atualizado em:

Entrevista em 09.06.2020 com Jake Yocom-Piatt, Decred Project Lead

Conforme o Bitcoin (BTC) continua a ganhar força, a escalabilidade da blockchain continua sendo um problema, de acordo com Jake Yocom-Piatt, co-fundador do Decred.

“Há demanda suficiente para transações de Bitcoin on-chain durante os horários de pico de demanda para conseguir preencher completamente os blocos e aumentar substancialmente as taxas da rede”, disse Yocom-Piatt ao Cointelegraph, observando as dificuldades que a rede do Bitcoin pode enfrentar durante períodos de maior atividade, dado o número de usuários.

O escalamento do Bitcoin tem sido um problema há anos

Quando se trata de adoção em massa, a capacidade do Bitcoin de trabalhar efetivamente sob condições de alto tráfego está em questão há vários anos. O debate causou um racha notável na comunidade Bitcoin em 2017, quando o Bitcoin passou por um fork e deu origem ao Bitcoin Cash (BCH) em uma tentativa de escalamento usando blocos maiores. O BTC com bloco menor, no entanto, continua sendo o ativo dominante do mercado.

No auge da última corrida de alta do mercado cripto em 2018, o Bitcoin viu sua rede entupida com vários grandes usuários ingressando, levando a transações lentas e altas taxas.

Algumas das comunidades cripto veem blocos pequenos como uma maneira de manter o Bitcoin descentralizado. “Aumentar o tamanho do bloco significará sincronizações de blockchain mais longas, menos ‘full nodes’ operando a partir de conexões domésticas com a Internet e mais centralização geral”, disse Yocom-Piatt sobre uma transição para blocos grandes.

Escalamento off-chain é a única opção

O escalamento off-chain do Bitcoin poderia funcionar como uma solução, com opções como a Lightning Network facilitando as transações em uma segunda camada de rede.

“Escalar o Bitcoin usando transações off-chain é praticamente a única opção, semelhante à forma como as telecomunicações eletromagnéticas permitem a expansão do rádio”, disse Yocom-Piatt, mencionando a Lightning Network como uma opção.

Se o mundo mainstream adotasse o Bitcoin como um armazenamento viável de ativos de valor, o ativo poderia lidar com sucesso com o tráfego com uma solução off-chain. Yocom-Piatt explicou:

“Acredito que a adoção mainstream do Bitcoin e de outras criptomoedas como reservas de valor possa ocorrer com sucesso se a maior parte das transações ocorrer off-chain.”

As taxas de rede do Bitcoin provavelmente aumentariam significativamente, no entanto, porque as soluções off-chain ainda precisam interagir com a rede para abrir e fechar os canais de pagamento da Lightning Network. Isso “criaria alguns desafios à experiência do usuário enquanto as taxas permanecessem altas”, acrescentou Yocom-Piatt.

Em relação à complexidade, o front-end da Lightning Network deve ser simples o suficiente para que o grande público aprenda e use, de acordo com Yocom-Piatt.

No mês passado, antes do ‘halving’ do Bitcoin, Yocom-Piatt previu que o preço do Bitcoin dobraria “no curto prazo”.